Mérito Profissional 2012

Orlando da Costa Lourenço nasceu em 27 de Janeiro de 1950 na freguesia da Sé, em Lamego.
Filho de Manuel Lourenço e de Fernanda da Anunciação, casou com Maria do Céu.
Deste casamento nasceram dois filhos: Miguel e Herlânder, casados respectivamente com Carla e Marta e pais de Madalena e Inês.

Tirou o curso do Magistério Primário na Escola Superior de Educação de Lamego e lecionou durante 16 anos valendo-lhe, ainda hoje, o tratamento por Professor Orlando.

Cumpriu o serviço militar em Angola onde teve uma das suas primeiras vitórias nesta sua carreira dedicada à produção de espumantes e vinhos depois de ter interferido para que milhares de garrafas tivessem sido exportadas para Luanda como era desejo de Acácio da Fonseca Laranjo, um dos muitos seus amigos.

Foi em 1980 que com o apoio, sociedade e amizade de Eduardo Vasco Lima adquiriram as Caves da Murganheira que rapidamente começaram o seu percurso de ascensão.

Em 2002, o Professor Orlando Lourenço e os seus amigos e sócios Eduardo Vasco Lima e Pedro Dias Costa, adquiriram as Caves da Raposeira que tinham sido compradas pela Seagram à família fundadora Valle Teixeira.
Porém a sua ligação às Caves da Raposeira começou muito cedo quer através de seu pai que era um dos mais antigos fornecedores daquela empresa, quer através de sua mãe, que nela trabalhara até casar.
Esta aquisição marcou a subida de outro degrau profissional que o lançaria na já iniciada caminhada do sucesso.

A “trabalhar por amor e não por dinheiro” segundo as suas próprias palavras, tornou-se num empresário de sucesso na produção de espumantes e vinhos premiados e reconhecidos pela sua qualidade de excelência.

A sua intensa vida profissional leva-o a desempenhar cargos prestigiados como:
- Delegado do Governo na Presidência da Comissão Vitivinícola Regional do Távora Varosa;
- Presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Távora Varosa, entre outros.

A área de intervenção como cidadão Lamecense é igualmente relevante, destacando-se:
- ter sido membro fundador da Academia de Música de Lamego;
- ter feito parte da Direcção da Santa Casa da Misericórdia de Lamego;
- membro da Direcção e Vice Presidente da Direcção do Centro Social e Rural;
- elemento do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Latino Coelho.

Este ilustre e digno cidadão Lamecense reconhecido pelo seu mérito a todos os níveis tem contribuído para o engrandecimento desta sua cidade natal e de toda a região do Douro.

Por tudo isto e por muito, muito mais que ficou por dizer, o Rotary Club de Lamego tem a honra e o privilégio de homenagear o Professor Orlando da Costa Lourenço como o Profissional do Ano 2012.


No seu discurso a Presidente Marina Valle dirigiu-se aos presentes com mais algumas palavras acerca do homenageado.

Nestes momentos de profundo pessimismo que conduzem à apatia e desânimo pessoal e profissional, é de extrema importância destacar exemplos de quem não se deixa vencer pelas adversidades, de quem revela um extraordinário ímpeto para o êxito e sucesso que ultrapassam a mera dimensão pessoal.
Somos um país de mulheres e homens empreendedores. Um povo batalhador e audaz que, quando é capaz de se mobilizar, consegue construir e desenvolver projetos de excelência que se distinguem pela sua qualidade no mercado interno e além-fronteiras. Pese embora alguns períodos de contração económica e de agravamento das condições sociais, como aquele que infelizmente estamos a viver neste momento, a nossa longa História coletiva comprova que os portugueses, e em particular os seus empresários, são autênticos fazedores de sonhos que valorizam e enriquecem o nosso país.
O professor Orlando Lourenço, administrador da Raposeira e das Caves da Murganheira, com a sua coragem, o seu dinamismo e a sua visão de futuro é um digno representante destes bravos portugueses ao tentar superar a atual crise económica e social à frente dos destinos destas duas empresas.
Aproveitando os recursos endógenos que esta região oferece, a Raposeira e as Caves da Murganheira conquistaram uma posição sólida nos mercados graças à elevada qualidade dos espumantes produzidos. Uma qualidade que vale a liderança do sector a nível nacional e que ajuda a projetar o nome de Lamego e do Douro no país e no estrangeiro. Com o seu saber e a sua dedicação, o professor Orlando Lourenço soube consolidar e desenvolver estas duas grandes marcas, a partir de uma região que, sendo do Interior, continua infelizmente a significar dificuldades acrescidas para o tecido empresarial local, constituído na sua maioria por pequenas e médias empresas.
O Rotary Club de Lamego tem consciência das dificuldades e obstáculos que os nossos empresários têm de enfrentar na sua aventura de criarem e desenvolverem projetos geradores de riqueza e emprego. No entanto há quem reme contra a maré e que com a maior humildade, generosidade e grandeza de alma, consiga transformar o sonho em realidade acreditando que é possível fazer acontecer.
Orlando Lourenço é, por tudo isto, um exemplo para as gentes de Lamego e da região, um modelo para os nossos empresários pela sua capacidade de trabalho e de visão de futuro e uma lição de vida para as novas gerações. Por isso, acreditamos que devemos distinguir e valorizar os melhores entre os melhores para servirem de exemplo na construção do nosso futuro coletivo e com isso promover também o importante papel que as pequenas e médias empresas desempenham na dinamização económica destes territórios e na criação de emprego.
Sem empresários com as qualidades pessoais, morais e profissionais de Orlando Lourenço, o Interior do país estaria certamente mais pobre e mais desertificado. Por esta razão, prestamos hoje homenagem ao Homem e ao Empreendedor cujo trabalho e dedicação o distingue dos seus pares.
Parabéns professor Orlando Lourenço.

Marina Valle, Presidente do Rotary Club de Lamego

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Programa Mensal